28/07/2015 | Versão para Impressão

Solidariedade marca Sarau Lírico do MUHM

A solidariedade esteve presente no Sarau Lírico do Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) da última quinta-feira (23). Agasalhos, casacos e mantas foram arrecadados durante o evento para serem doados à Paroquia Nossa Senhora Aparecida, no Bairro Restinga. Nesta edição especial, o público conferiu canções francesas e brasileiras interpretadas pela soprano Elisa Machado e o pianista Paulo Bergmann.

A sugestão do Sarau Lírico Beneficente foi dos artistas. Bergmann é professor de piano no curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS). Natural de Bagé, formou-se em 1993 no curso de Bacharelado em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Elisa também é graduada pela UFRGS e foi integrante do Coro Sinfônico da OSPA. A soprano elogiou a sala Rita Lobato e as pessoas que acompanharam o evento. “O público aqui é muito acolhedor. Hoje foi uma satisfação porque nós estamos tentando ajudar as pessoas com a arrecadação de agasalhos”, disse.

O diretor-presidente da Associação Gaúcha de Cultura Musical e editor do informativo Agenda Lírica de Porto Alegre, Aury Hilário, é o responsável pelos saraus. Segundo o médico, esta atividade beneficente será realizada mais vezes. “Vamos repetir todos os anos. No próximo ano, vamos começar mais cedo. Faremos mais recitais beneficentes para darmos a nossa contribuição à sociedade”, ressaltou.

O Sarau Lírico é uma atividade conhecida pelo público e faz parte do projeto Quintas no MUHM, que habitualmente acontece na primeira quinta-feira do mês na Sala Rita Lobato, do MUHM.



Compartilhe: