22/05/2015 | Versão para Impressão

Médico Antonio Carlos Gerbase é entrevistado para o projeto de história oral

Na última quinta-feira (14), o Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) realizou no auditório do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) mais uma entrevista para o projeto de história oral do museu.

O entrevistado foi o médico Antonio Carlos Gerbase, que falou sobre doenças sexualmente transmissíveis. Gerbase atuou entre 1994 e 2013 junto à Organização Mundial da Saúde (OMS) como Medical Officer do departamento de HIV/AIDS em várias funções. Hoje, o médico atua como diretor da Geneva Foundation for Medical Education and Research e correspondente no Brasil da Cadeira de Saúde Sexual e Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Segundo o diretor do MUHM, Germano Bonow, o projeto tem o objetivo de colher a história de médicos e suas experiências no Rio Grande do Sul ou até mesmo fora do país. “Esses relatos formam uma espécie de biblioteca que pode ser pesquisada pela comunidade médica do Estado”, afirma.



Compartilhe: